Morre o narrador esportivo Jacir de Oliveira, aos 48 anos, vítima da Covid-19

 


O locutor esportivo Jacir de Oliveira, uma das vozes mais marcantes do futebol paranaense e funcionário da Rádio Transamérica, morreu nesta terça-feira (6), aos 48 anos, vítima da Covid-19. O comunicador estava internado desde o dia 4 de junho na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, em Curitiba.

O locutor Jacir de Oliveira havia testado positivo para Covid-19 no dia 31 de maio. No dia dois de junho, começou a apresentar sintomas mais fortes e foi internado no hospital. No dia 4, o quadro do profissional da voz piorou e ele precisou ser intubado. A partir desse dia, seu estado de saúde não apresentou melhora e ele não resistiu.

Jacir de Oliveira fazia rádio escuta na CBN e na Banda B, antes de ser narrador esportivo em 1997. Em 1999, ele foi contratado em definitivo pela emissora do deputado estadual Luiz Carlos Martins. No final daquele ano, começou a dar os primeiros passos no plantão esportivo e, a partir de 2000, se tornou narrador nada equipe de esportes, onde ficou até 2005. A partir daí, o seu bordão “Tá Lá”, que marcou os times do Paraná, começava se destacar no rádio.

Ouça os gols do Paraná Clube nos amistosos internacionais, narrados por Jacir de Oliveira.

Postar um comentário

0 Comentários